domingo, 24 de maio de 2009

Ensaio sobre a Cidade, energisa





Jonas Lourenço expõe no Programa Arte na Energisa

jonas_lourenco_5-site


A pintura expressionista de Jonas Lourenço é destaque da primeira mostra do ano no Hall de Exposições Energisa. Desde o dia 1º de janeiro, colaboradores e visitantes da concessionária conferem a exposição Ensaio Sobre a Cidade, atração do Programa Arte na Empresa da Energisa até o dia 31 deste mês.

jonas_lourenco_3-site

O estilo de misturar foto à pintura, de Jonas, encanta os observadores. Ao mesmo tempo em que prédios históricos da cidade se apresentam tão claros e nítidos nas telas, os efeitos da tinta acrílica, envolto às imagens, passa um ar de abstração. Essa técnica, a de infogravura, não é nova! Pablo Picasso, ainda no século XX, já fazia uso dela, que Jonas prefere chamar de colagem. Porém, foi só com a manifestação do Pop art, no final da década de 50, que ela se tornou mais evidente.

jonas_lourenco_1-siteAtravés da colagem, Jonas envolve seus dois grandes interesses: a arquitetura e as artes plásticas. Arquiteto de formação, a princípio Jonas teve medo de se lançar as artes. Tinha receio que o dom de garoto se sobrepusesse a profissão promissora. Porém, durante a formação acadêmica percebeu que poderia interagir as duas áreas, e a faculdade só veio a aprimorar suas técnicas de desenho. E, como uma espécie de marca do “arquiteto-pintor”, o concreto das construções sempre aparece em suas obras.
Em 2007, realizou viagens de pesquisas a Amsterdã, Bruxelas, Londres e Paris e percebeu o quanto a técnica da infogravura é explorada na Europa. Tanto que sua primeira exposição usando a colagem foi com imagens de seus passeios pelo Velho Mundo.
Como arquiteto, Jonas Lourenço é autor de vários projetos notórios na cidade como o Jardim Botânico de João Pessoa e, também, o paisagismo do Parque do Roger, antigo Lixão da Cidade.

Apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, Jonas cresceu na Paraíba. A exposição Ensaio Sobre a Cidade é uma verdadeira homenagem desse “paraibano de coração” a João Pessoa.

Mais sobre o artista

Desde garoto, Jonas Lourenço desenha, pinta e esculpe. Apesar disso, sua primeira opção acadêmica foi psicologia, que por falta de identificação com o curso, transferiu-se para a Arquitetura. Formado há 12 anos. Ele exerce a profissão paralelamente às artes plásticas.

Como artista, seu trabalho é reconhecido como um dos mais criativos e técnicos da nova geração de artistas plásticos da Paraíba. Ensaio Sobre a Cidade foi uma inspiração a partir dos livros do escritor José Saramago: Ensaio Sobre a Lucidez e Ensaio Sobre a Cegueira. “Dentro da ótica de artista, quis fazer um ensaio da minha visão sobre o tema, ou seja, sobre a cidade de João Pessoa. Como um projeto de arquitetura, um esboço, pois não é concreto e nem certo ou errado, mas é a minha perspectiva. Não tive o objetivo de ser fotógrafo ao usar as imagens produzindo a infogravura, mas apenas construir uma visão particular da realidade”, ressalta Jonas Lourenço.

Site: www.louroecanela.blogspot.com

E-mail: lourencoarquitetura@gmail.com

quarta-feira, 12 de março de 2008

DIÁRIO DE BORDO






Estas são algumas obras do projeto Diário de Bordo, com imagens de cidades da Europa, como Paris, Londres e Amsterdã, onde pude vivenciar um mergulho na arte do mundo, trazendo para minhas telas um olhar particular sobre o que vivi.

Exposição no Instituto dos Arquitetos do Brasil


Tela com imagem da Casa do arquiteto, no varadouro, A torre da igreja de São Frei Pedro Gonçalves e os arquitetos Glauco Brito e Cristina Evelise, na Posse do IAB-PB ao lado do artista.

Fragmentos do Centro Histórico de João Pessoa




Estas são as telas que foram feitas usando a técnica de Infogravura, janeiro de 2008, com imagens captadas pelo autor, transformadas em pintura através de camadas de tinta acrílica e pastel. Toas as obras tem a dimensão de 100 x 100 cm. Deixe seu comentário.

Bem vindos!

Acredito que chegou a hora de compartilhar com meus amigos a minha visão acerca da arte. Meu olhar sobre a pintura e sobre o desenho, que me acompanha desde a infância.
Sempre tive o desejo de me expressar sobre o que se vê além do óbvio, além da fotografia que captamos quando apenas olhamos, sem fazer desse olhar uma reflexão crítica da vida e do que está por traz do que se vê, a intenção.
É com esse objetivo que me proponho a compartilhar de vez em quando da minha experiência com a arte. Da minha vivência como arquiteto, como fotógrafo, artista, como ser humano. Sejam muito bem vindos.

CONTADOR DE VISITAS